FIQUE POR DENTROdas Notícias

5 dicas para encarar subidas com mais eficiência

  • maio 18, 2020
  • Emerson Melo
5 dicas para encarar subidas com mais eficiência

Como melhorar seu rendimento nas subidas para isso confira cinco dicas essenciais para Mountain Bike

 
Seja você um ciclista especialista em Cross Country ou um atleta que busca a progressão da pedalada, saber encarar subidas com sua bike é fundamental para melhorar seu rendimento.
Uma ladeira longa e íngreme pode ser intimidante, mas a variação de estratégias e dicas mais simples vão te ajudar à lutar contra gravidade. Seguem cinco dicas essenciais:
 

1. Giro para vencer

Cadência é a quantidade de giros do seu pedal, o que pode realmente afetar seu rendimento numa subida. Uma cadência baixa exige mais força dos seus músculos e eventualmente vai fadigar mais facilmente. Girar com marchas mais leves vai exigir mais do seu coração e pulmões, que vão te levar mais longe por mais tempo. Isso pode ser mais difícil no começo, suas pernas não estarão acostumadas a girar tão rápido, mas mantenha a cadência alta e você vai se sentir mais revigorado após uma longa subida.
 

2. Seja suave contra o pedal

Ao contrário de ciclistas de estrada, que pedalam em superfícies de estrada lisas, os mountain bikers têm de lidar com todos os tipos de obstáculos imprevisíveis para encarar as subidas. Pense em rochas, raízes, lama e, muitas vezes, tudo ao mesmo tempo. Forçar os pedais intensamente pode fazer você perder tração, devido aos picos irregulares de potência, por isso seja suave e constante.
Um fato pouco conhecido que é decisivo para os mountain bikers é pedalar mais suave, o que significa equilibrar a potência mais uniformemente a cada giro do pedal. Então, da próxima vez que você for encarar uma escalada técnica e íngreme, aplique em seus pedais pressão para gerar um movimento mais uniforme e circular.
 

3. Pneu com a calibragem correta

Pode parecer bobeira, mas é incrível a diferença que seus pneus fazem no desempenho. A pressão correta pode é essencial. Um pneu mais duro- alta calibragem – pode oferecer-lhe um pouco melhor resistência ao rolamento, mas quando você está escalando, a área de contato menor terá que lutar para maior aderência e, portanto, você acaba perdendo energia preciosa com o pneu derrapando em falso.
Por outro lado, uma baixa pressão nos pneus pode dar uma maior resistência ao rolamento e um risco aumentado de furo por pancada. Portanto, é importante encontrar a calibragem ideal para assegurar aderência e a resistência ao rolamento. Faça um teste com pequenos aumentos e diminuições – um ou dois PSI – que podem fazer toda a diferença, por isso recomendamos passar algum tempo experimentando com a pressão dos pneus para ver o que funciona melhor para você.
 

 

4. Fique sentado no selim

Quando as coisas ficam realmente íngremes é tentador você levantar do selim para manter os pedais girando. Mas em breve você vai fracassar devido à distribuição de peso desigual entre as rodas, com demasiada na frente e muito pouco na parte de trás.
Em vez disso, tente ficar sentado no selim, projete o tronco para frente mergulhando o seu peito em direção ao guidão e deslocando-se ligeiramente para a frente no selim. É um ato de equilíbrio, uma vez que você vai colocar peso sobre a roda dianteira, mantendo algum peso sobre a roda traseira para manter a aderência. Assista qualquer corrida de XCO com fortes subidas e você verá como é essa técnica usada pelos profissionais.
 
 
 

 

5. Jogue o jogo mental

Benjamin Franklin disse uma vez, há duas coisas garantidas na vida: morte e os impostos. Talvez uma terceira seria a de que a escalada dói. Se você é um Campeão Mundial de XCO como Nino Schurter, ou você acabou de comprar sua primeira bicicleta de montanha, encarar uma subida dói mesmo, é igual para todo mundo. Uma vez que você aceita isso, você pode começar a desenvolver estratégias simples de enfrentamento da realidade para ajudar a lidar com a dor.
 
Em subidas mais longas, os profissionais usam a estratégia de contar intervalos de um minuto quando eles estão no limite. Uma vez que chegar ao final desse minuto, você começa a contar novamente. Outra idéia é quebrar a escalada por etapas, então ao invés de pensar sobre a enorme subida, pense em conquistar o próximo obstáculo estabelecido por você, uma vez que você o alcance, encontre um outro objetivo mais à frente. Estas estratégias podem parecer simples, mas eles podem ser uma ótima maneira de melhorar o jogo mental de superar a dor numa subida.
 
Fonte: https://www.redbull.com/br-pt/5-dicas-para-encarar-subidas-com-mais-eficiencia